Um Amor de Alice

tumblr_static_b31q244xnowsgoo088gcoscss

Querido, amor. Aqui é Carol, sim aquela moça cheia de sonhos que lhe tinha tanto apreço e gosta de som de chuva e cheiro de café do dia que você tão livremente tomou como tua e fez morada por tanto tempo. Ela que sempre sonhou que seria feliz por acreditar em você e todas as suas versões incontáveis agora se ver sozinha por ter permitido sua entrada. Sabe, eu desisti de ti alimentar, resolvi levantar de cama, pentear meu cabelo que anda tão triste que nem mais o mesmo tom de vermelho; calçar uma sandália, e sair de vestido florido sem rumo na vida pra tentar se encontrar e se esvaziar de ti. Eu resolvi desabafar-te os erros, mas nem coragem tenho de te encarar. E como sempre fui boa com palavras debrucei-me sobre minha escrivaninha, peguei o papel e a caneta, pois me pareceu a melhor opção para falar contigo. Desculpe, mas não posso te encara ainda. Você veio, remexeu todas as coisas do meu coração arrumado e bagunçou a minh’alma como nunca fez antes, mas você deveria ter sido paz e não essa guerra que me arrancou lágrimas. Deveria ter sido como um mar tranquilo e fácil de navegar, mas foi tempestade que varreu tudo pra longe. Eu nem tive chance de respirar, simplesmente permiti sua chegada. E o que você fez… Me arrancou tudo Sim, eu sei… Permiti que ficasse um pouquinho e de tão bom grado até lhe concedi um espaço. Abrir o maior espaço que pude pra te acomodar. Você inundou meu peito de si, mas de tão muda fiquei que nem pude vive-lo. Pois eu ainda não lhe conhecia tão bem. Eu achei que todos os livros que li e todas as letras que cantei me valeriam de alguma coisa, mas nessas canções e textos nem tudo termina feliz, porque seria comigo? Eu achei que te conhecia, mas nem sobre mim eu sabia muito. Foi difícil, mas agora eu peço que você saia ou mesma te arranco daí, porque eu cresci e preciso de algo além do que você pode me proporcionar. Não quero aceitar que todo esse alvoroço venha de ti. Pra mim você tem que ser mansidão. Tudo não deu tão certo pois eu preenchi meu peito de ti e não tive mais onde morar, porque ninguém abriu um coração pra mim. Eu era toda amor e nem encontrei o amor em ninguém onde eu pudesse habitar. No entanto de tudo tiramos umas lição e com sua saída aprendi o melhor de pra mim. Aprendi a dedicar o espaço que guardei a você pra um amor só meu. E me apaixonei pelo que vi quando resolvi me olhar melhor. Eu estava um lixo e resolvi me olhar no espelho. O que vi me assustou mais do que o amor e a sua incoerência em mim. E vi uma garota bonita, que mesma cheia de sonhos se abandonou para tentar ser de alguém que não soube se pra mim o mesmo amor. Então o amor não foi amor. E eu peço desculpas por só perceber agora que preenchi o meu peito por algo que não era você de verdade, amor. Então amor-platônico (ou não), eu estou aqui me refazendo das amarras do seu rival, o que eu achei ser você e não era. O que eu entreguei não me foi devolvido e eu tenho agora que sair pra voltar a me amar. Eu continuo usando meu vestido e até coloquei um chapéu pra compor, mas o rumo é outro. O amor é o outro e o caminho para um coração verdadeiro eu refaço, pois assim eu voltarei a te aceitar. Eu ainda sou aquela garota de sonhos e recomeços que você habitou e erroneamente não soube ficar pois não era você. E descubro que a escolha foi mim de amar errado. Permiti um amor que não era amor. Então vou te esperar. O amor verdadeiro. Já você, amor incompleto, eu agradeço-lhe a dor.
Portanto vá em paz e cuidado com o próximo coração que habitar.
agradecida.
Carol.

14938230_368616416816961_4965405759731604654_n

Anúncios

Um comentário em “Um Amor de Alice

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s