Amor Nosso de Cada Dia

c__data_users_defapps_appdata_internetexplorer_temp_saved-images_tumblr_lqrpqdebzu1qmb6f9

Gostaria de falar o quanto eu o amo. Sim, pelas vezes que abriu mão de você, do seus amigos e até mesmo de sua família por mim. Das vezes que você ficou do lado desconfortável da cama só para que eu dormisse melhor, ou até mesmo quando divide seu travesseiro comigo. Dizer que sou grata quando faz meus lanches, coloca minha comida no meu prato, só para que eu não me atrase ou quando estou muito cansada. Amo sua maneira de sorrir; sempre um sorriso bobo a me admirar. Seja quando estou com maquiagem ou ao natural. Seja no final do dia quando estou me sentindo “destruída” ou no amanhecer, quando estou “desproduzida”.

Amo quando diz que me ama.
É sincero.
Sinto alegria em suas palavras.

Sempre seguidas de um “cheiro no cangote”/abraço bem apertado – aqueles de urso –, fortalecendo ainda mais nossa cumplicidade.
Amo quando jogamos conversa fora, quando um dos dois está sem sono e quer falar de seus sonhos, só pra ver se eles ficam mais próximos de se realizarem. Amo quando me ama, sei que é um amor além da carne. Basta um beijo em meu rosto, ou em minha testa para que eu sinta algo sublime entre nós.

A verdade é essa, sinto que nosso amor é transcendente.

É família.
É parceria.
É encanto.
É amor.

Um texto de Bruna Pinheiro.
P.s. Obrigado Bru, por ser esse mar de sensibilidade. ❤

14938230_368616416816961_4965405759731604654_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s