É Preciso Seguir Em Frente

C__Data_Users_DefApps_AppData_INTERNETEXPLORER_Temp_Saved Images_tumblr_nueuxqs9h11ro7x8eo1_500

Existem momentos na vida em que tudo parece ruir. São essas pequenas tragédias diárias que desestabilizam até o mais pacífico dos seres e comigo não foi diferente. Com o tempo, dias ruins assim sempre acabaram por modificar um pouco a minha percepção sobre as coisas; sobre a vida.

Eu tenho perdido muitas pessoas importantes ultimamente…

Não sei se aos trinta isso já começa a ser normal, mas não conheço ninguém que tenha perdido mais pessoas especiais que eu (7 no total) e isso tem sido uma jornada difícil. Às vezes eu nem sei como consegui suportar tantas rupturas.

Embora tenha que reconhecer que também tenho ganhei muitas outras pessoas que estão se tornando tão importante quanto.

Acho que os dias simplesmente passaram e eu fui me acostumando…

Cada um que perdi doeu de uma forma que não sei explicar. Talvez porque sempre que eu vivi cada uma dessas perdas me senti a pessoa mais sozinha possível e não tinha tempo de me recuperar pra sofrer um outro baque, o que me fez pensar que realmente estava sozinho enquanto tudo acontecia. Não veio um abraço fraterno, uma mão no ombro, um carinho sincero. Cada vez que eu perdi algo ou alguém importante e simplesmente desmoronei eu não imaginava olha pro lado e esperar alguma ajuda que viesse de onde quer que fosse.. Então você deve pensar sobre o porquê de um relato tão triste…

Eu fui muito forte, quando descobria enquanto o caminho de dor que trilhava desejando melhoras.

É incrível como nesses momentos de perdas eu me olhei no espelho e pensei: Poxa, como você pode suportar tudo isso? Automaticamente eu tinha a resposta: As maiores rupturas ainda estão por vir, por isso ainda é aparentemente fácil. E quando isso acontecer eu só não estarei completamente sozinho porque terei aprendido a acreditar no poder do Universo e na minha capacidade de ser resiliente na dor. Talvez, se você leu até aqui pode achar esse post triste. Ele é. Ser e estar sozinho é bom, mas existe momento pro silêncio e pro barulho. Pra solidão e pra companhia. No entanto este relato também é de força. É pra você e pra mim. Pra você que leu, saiba que é possível enfrentar esses desastres diários; pra mim serve também como um lembrete de como eu posso ser forte, mesmo sendo fraco.

Esses momentos ruins, que te modificam, te moldam, te rouba… também te enobrece, se você souber tirar a lição.

Eu sei que existe ainda um mundo de lacunas que meu coração vai ter que superar e eu espero que você também consiga. Sozinho ou não. Eu sinceramente espero que você consiga, porque a vida pode ser tudo, menos fácil. Viver ainda continua sendo o maior desafio que o Universo impõe aos seres que nele habitam e que por eles foram criados. Mas temos que conseguir. Não existe outra saída.

Anúncios

Publicado por ateoriadoinfinito

As palavras sempre me habitaram de uma maneira muito singular. Acredito que tudo podemos construir e destruir com elas e é, para mim, a maior descoberta da humanidade. Tenho um profundo amor por música, livros, poesia, textos de rodapé, receita de bolo etc me preencem. Eu amo o conhecimento. Acredito que não importa a situação, nós sempre iremos absorver alguma coisa de tudo o que vivemos através das palavras. Ainda que digam que viver é difícil (e eu até concorde um pouco). Viver é o todo da jornada mais incrível que qualquer um pode passar e todo o percurso é válido. As partes boas e ruins. Eu estou aqui, vivendo minha jornada e tentando ser o melhor que posso. Espero que você também.

Se junte à conversa

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: